Tuesday, June 27, 2017

Staub und Schotter: Der Wind des Frühlings & Die Brise des Herbstes (German Edition) Kindle Edition


Staub und Schotter: Der Wind des Frühlings & Die Brise des Herbstes (German Edition) Kindle Edition

The book is a collection of poems written in languages other than their mother tongue, Portuguese. There are 64 poems, encased in two topics Der Wind des Frühlings and Die Brise des Herbstes. They were written over the nearly five years of the author's dwelling in Germany. They are poems in German, English, French, Italian, Spanish and Czech.

O livro é uma coletânea de poemas escritos em línguas diversas de sua língua-mãe, o português. São 64 poemas, enfeixados em dois tópicos Der Wind des Frühlings e Die Brise des Herbstes. Foram escritos ao longo dos quase cinco anos de moradia do autor na Alemanha. São poemas em alemão, inglês, francês, italiano, espanhol e tcheco.

Product details

  • File Size: 1083 KB
  • Print Length: 117 pages
  • Publication Date: June 22, 2017
  • Sold by: Amazon Digital Services LLC
  • Language: German
  • ASIN: B07368D4W7
  • Text-to-Speech: Enabled
  • X-Ray:
  • Word Wise: Not Enabled
  • Lending: Not Enabled
  • Screen Reader: Supported
  • Enhanced Typesetting: Enabled  
https://www.amazon.com/Staub-Schotter-Fr%C3%BChlings-Herbstes-German-ebook/dp/B07368D4W7/ref=la_B0735V21TV_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1498592129&sr=1-1

Tuesday, June 20, 2017

Moro do lado de dentro, de Marcos Freitas -- eBook Kindle


Moro do lado de dentro -- eBook Kindle
por Marcos Freitas (Autor)

”... Moro do Lado de Dentro.... O código humano é uma estética poética e este código está presente, em grande parte, na poesia de Marcos Freitas. (...) Para quem não sabe, a palavra cria armadilhas, mas, quem sabe, cria armadilhas semânticas com as palavras, que instigam a inteligência. (...) Essa estética acompanha a poesia de Marcos Freitas, onde quer que ele esteja: Teresina, Fortaleza, Brasília, Alemanha, República Tcheca... Há no cidadão planetário Marcos Freitas uma vontade de mudar a realidade mesquinha. Há no poeta Marcos Freitas uma vontade danada de mudar o Mundo. (...) Há em cada ser humano uma porção que se comove com a Poesia. Marcos Freitas é um homem que se resolve com a poesia. Como, aliás, quase todos os seres humanos se resolvem através da Arte, de uma forma ou de outra. O Mundo é pequeno para o Poeta. Por isso ele vive. E quando todas as vozes parecem calar, Ele canta. ”
Menezes y Morais – Brasília (DF), verão de 2005.

Detalhes do produto

A terceira margem sem rio, de Marcos Freitas --- eBook Kindle





A terceira margem sem rio -- eBook Kindle
por Marcos Freitas (Autor)

Número de páginas: 131 páginas
Configuração de fonte: Habilitado
Page Flip: Habilitado
Idioma: Português



Descrição do produto

“Um lindo livro A Terceira Margem Sem Rio. Lindo por fora. E muito mais por dentro, de conteúdo. Marcos Freitas é poeta. Desde ele mesmo. Jovem bonito e às voltas com tanta coisa bonita: a engenharia, a natureza, o meio ambiente, a vida em plenitude. A expressão de tudo isto só pode ser a beleza, a arte, a poesia, que mais uma vez se consubstancia em livros.”
Djalma Silva – Goiânia (GO), 12.11.2004.
Detalhes do produto

Thursday, June 01, 2017

A vida sente a si mesma, de Marcos Freitas



“A obra A Vida Sente a Si Mesma é dedicada a três piauienses Francisco Pereira, Mário Faustino e Torquato Neto. Em suas poesias, Marcos Freitas, sempre destaca o Piauí, a cidade de Teresina, os poetas locais e a cultura. O lado social também não é esquecido. Alguns textos são escritos em espanhol, inglês e alemão, influência do período em que esteve morando no exterior.”
Jornal Meio Norte – Teresina (PI), 18.09.2004.

“Estou me deliciando com seu livro A Vida Sente a Si Mesma. (...) Seu texto oscila entre um certo cosmopolitismo e o telúrico. É um texto multifacetado onde o ponto alto é o lirismo memorial. Aqui e acolá há uns toques de sensualidade que não deixam de fazer bem. Isso tudo é vantajoso, pois o leitor nunca tem idéia do que vem na página seguinte. O ponto alto está no seu retorno ao patrimônio memorial.”
Batista de Lima – Fortaleza (CE), 28.03.2005.

Para adquirir acesse:
https://www.amazon.com.br/dp/B071FNXJFT/ref=pe_740090_127726600_TE_M1DP

  • Formato: eBook Kindle
  • Tamanho do arquivo: 1437 KB
  • Editora: Do autor; Edição: 1 (30 de maio de 2017)
  • Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
  • Idioma: Português



Monday, May 08, 2017

Marcos Freitas na Antologia de Poesia Brasileira Contemporânea - Editora Chiado


NA TARDE QUE SE AVIZINHA

sejamos eternos, querida,
mesmo na plenitude de nossa ira.

chega de nossos discursos prontos,
não suportamos mais esperar o fim do verão.

estranhamos, em silêncio, conselhos dos mais velhos.
tentamos, inutilmente, reler os jornais passados;
o que buscamos nas páginas surradas?

a paisagem se adensa na geografia das ruas
de nossa cidade desconhecida.

mergulhemos no assombro de nosso desejo;
é sempre possível a palavra mais pura e límpida, querida,
mesmo fora de nosso dicionário.

o cheiro do feijão, em panela de ferro,
reacende o fogo de lenha da imaginação: o relógio da manhã.

herdeiros de nossa própria memória,
divisamos a rua de nossa fraqueza e ausência, na tarde que se avizinha.

o leito seco do rio aguarda a estação chuvosa nas cabeceiras;
depositemos, pois, iguarias e provisões na vazante de nossas horas.

sejamos eternos, querida,
mesmo na finitude de nosso dia.

Marcos Freitas, Brasília - DF.

Artigos Marcos Airton de Sousa Freitas - Engenheiro Civil - Especialista em Recursos Hídricos- Periódicos UNIFOR


1. FREITAS, M. A. S. Um Sistema de suporte à decisão para o monitoramento de secas meteorológicas em regiões semi-áridas. Revista Tecnologia, Fortaleza, v. 19, n. 19, p. 19- 30, 1998. periodicos.unifor.br/tec/article/view/1175

2. FREITAS, M. A. S.  Aspectos a serem considerados quando de uma análise regional integrada de secas. Revista Tecnologia, Fortaleza, v. 17, n. 9, p. 9- 17, 1996 - ISSN 0101-8191, Fortaleza. periodicos.unifor.br/tec/article/viewFile/1245/4300

3. FREITAS, M. A. S.  Análise estatística dos parâmetros de secas e de cheias hidrológicas em rios intermitentes do semi-árido brasileiro. Revista Tecnologia, Fortaleza, n. 18, p. 31- 37, 1997. periodicos.unifor.br/tec/article/viewFile/1224/4314

4. FREITAS, M. A. S.; PORTO, A. S. Considerações sobre um modelo determinístico chuva-vazão aplicado a bacias do semi-árido nordestino. Revista Tecnologia, Fortaleza, v. 11, nº1, 1990.
http://periodicos.unifor.br/tec/article/view/1352/838

5. FREITAS, M. A. S. Modelos diários chuva-vazão em bacias do semi-árido brasileiro.
Revista Tecnologia, Fortaleza, v. 15, nº1, 1994. http://periodicos.unifor.br/tec/article/view/1291/4287

 
6. ALENCAR, P. F.; RIBEIRO, A. V. R.; FREITAS, M. A. S. Modelos computacionais baseados na biologia: algoritmos genéticos e redes neurais artificiais. Revista Tecnologia, Fortaleza, v. 92, nº18, p. 92- 98, 1997. periodicos.unifor.br/tec/article/viewFile/1239/4322

7. BARROS, F. R. M.; FREITAS, M. A. S. Previsão de cheias usando redes neurais artificiais.  Revista Tecnologia, Fortaleza, nº19, p. 99- 105, 1998.
http://periodicos.unifor.br/tec/article/view/1188

Friday, May 05, 2017

FILME BRASILIENSE


FILME BRASILIENSE

minha boca se cala
os seus olhos tremem
seu corpo é sonho bom

entre as luzes do cinema
vejo refletida sua imagem
na torre de tv – lhe revejo –
beijo seu eixo (monumental)
entrequadro-me em suas asas
e vôo inteiro sobre seu lago
(largo êxtase) sedento
 
Marcos Freitas, poeta piauiense, natural de Teresina.
Poema transcrito do livro “Urdidura de Sonhos e Assombros”, Ed. CBJE, RJ, 2010.